out 07, 2010 / por Ricardo Ventura / Nenhum comentário

Ética ou Estratégia?

Quando eu fazia judô, isso entre a década de 70/80, eu e meus amigos éramos federados e participávamos de competições oficiais.
Um amigo de tatame, chamado “tachinha” ganhou o campeonato regional, estadual e brasileiro de judô na sua categoria… Estava todo feliz, pois esta era a forma de se chegar ao, não me lembro bem, latino americano ou mundial de judô.

Para surpresa de todos, o pessoal da comissão que levaria os atletas escolheu o judoca que tinha ficado em terceiro lugar no brasileiro…

Frustração geral…

Meu professor, não sei se entendendo a lógica do negócio ou tentando nos animar… Disse:
O fulano foi escolhido porque também é muito bom, e ele é filho de um dos dirigentes, talvez ele não estava num bom dia, mas ele é muito bom!

Pausa para reflexão… rs

Isso lembrou-me também um palestrante que está fazendo muito sucesso em todo Brasil.
Sua agenda está repleta de compromissos e sua palestra tem fila de espera, mesmo custando entre 25 e 30 mil reais por 1h30… Sim, sim posso dizer o nome… Esta pessoa é o técnico de maior aproveitamento em quadra de todos os tempos!

Bernardinho!

O cara é bom no que faz? É!

Mas e o caso do Ricardinho? Seu levantador… Considerado o melhor do mundo por várias vezes?
Foi afastado por indisciplina e nunca mais voltou a jogar na seleção (Será que volta)… E em contra partida o filho do Bernardinho agora ocupa sua posição… O moleque é bom?! Muito bom! Ótimo!

Momento para reflexão… rs

Quantas e quantas vezes nos deparamos em nossos negócios entre optar pela ética ou pela estratégia?
Seria bom ter as duas juntas?! Sim!

Mas quantas vezes nos deparamos entre fazer o que é justo e o que é melhor para a empresa ou para nós mesmos…?!…

Exigimos ética de todos! Políticos, professores, chefes, cônjuges, filhos e etc…
Mas na hora da gente fazer… Será que somos éticos ou estrategistas?!

Momento de reflexão… rs…

Bom, neste momento penso em vários nomes de empresas e de casos de estratégia acima da ética… E alguns casos onde a ética foi usada como “estratégia” de marketing… rs…

Engraçado… Lembro-me muito mais de casos onde a ética foi deixada de lado pelos ganhos individuais ou da “firma”…rs

Pois bem, se somos levados a pensar em resultados acima da ética, vamos pelo menos tentar sermos “éticos” todas as vezes que pudermos… rs..

Engraçado, lembrei do caso Neymar, agora terminando…
O Santos foi ético ou estratégico?

Ricardo Ventura
Hoje sem respostas… rs…
www.ricardoventura.com.br
@ricardoRventura